Fluconazol Bula – Posologia, Indicações e efeitos Colaterais



O Fluconazol é um dos medicamentos mais eficazes no combate a ação de fungos que provocam a incômoda Candidíase vaginal e demais infecções na pele como uma espécie de micose que pode atingir desde a cabeça do pênis até a boca e outros órgãos do corpo humano.

Se você já ouviu falar sobre esse medicamento te convido a acompanhar este artigo onde explicarei como funciona, para que serve e demais informações necessárias para o correto uso do medicamento. Confira.

Fluconazol Bula
Fluconazol Bula – Confira Posoligia, indicações e contra indicações do Fluconazol

Qual é a ação do Fluconazol no organismo?

Agora que você sabe que o objetivo do Fluconazol é combater a ação dos fungos ele age no organismo de forma a impedir que esses agentes intrusos se desenvolvam e causem mais problemas a saúde do paciente através do processo de sintetização dos esteroides, os quais são necessários para garantir a sobrevivência.

Composição do Fluconazol

O medicamento é composto por capsula e cada caixa pode vir com 1 ou 2. Cada uma contem 150 mg de Fluconazol, cuja composição química consiste em ingredientes como celulose microcristalina, estearato de magnésio, lauril sulfato de sódio, dióxido de silício coloidal e amido.

Ação do medicamento no organismo

A boa absorção por via oral permite que o Fluconazol atinja os níveis no sangue entre 30 minutos e 6 horas.  Percebe-se o alívio dos sintomas uma hora após ingerir o medicamento, entretanto, em alguns casos é possível que o paciente perceba a melhora quando o tratamento atingir o nono dia.

Como tomar o Fluconazol

A forma mais comum de tratamento é ingerir um comprimido de 150 mg por semana no período entre 2 e 4 semanas. Em alguns casos poderá ser necessário prolongar o tratamento para 6 semanas. Se o paciente sofre com problemas relacionados à insuficiência renal a dosagem será ajustada para que o tratamento surta o efeito necessário. O Fluconazol é eliminado através da urina.

Para obter maiores resultados siga corretamente as orientações médicas quanto à dosagem e os horários em que deverá ingerir o medicamento. Se, por um acaso, lembrar que se esqueceu de tomar o medicamento na hora correta não tente compensar o esquecimento tomando 2 dosagens. Deixe para retomar a ingestão do remédio no próximo horário adequado do tratamento.

Algumas precauções importantes

Por ser um composto químico, não se deve tomar o Fluconazol com outros medicamentos, principalmente com Seldane e Seldane-D (que contem terfenadina), Hismanal (que contem astemizol) e o Propulsid (que contem cisapride).

Estes medicamentos são muito perigosos e se você fizer uso conjunto poderá colocar a sua saúde em risco. Outro que também deve ser evitado enquanto estiver fazendo o tratamento com o Fluconazol é a bebida alcoólica que deve ser evitada em qualquer espécie.

Efeitos colaterais

Em alguns pacientes mais sensíveis pode ocorrer o surgimento dos seguintes sintomas: febre ou calafrios, urina escura, perda de apetite, erupções cutâneas e prurido, cansaço, hemorragia ou hematomas, pele e olhos amarelos e descamação ou afrouxamento da pele.

Se algum desses sintomas persistirem você deverá comunicar ao seu médico para que ele te avalie.

Contraindicações

O Fluconazol não deve ser utilizado por pacientes sensíveis ou alérgicos aos seus componentes e nem por gestantes que estejam nos três meses iniciais de gravidez ou então no período de amamentação.

O Fluconazol não deve ser consumido por conta própria. É seguro e recomendável consultar antes o seu médico para obter todas as orientações necessárias. Cuide bem de sua saúde, pois ela é o bem mais precioso de sua vida. Até o próximo artigo.

Confira AQUI a bula do Fluconazol na íntegra

Fluconazol Bula – Posologia, Indicações e efeitos Colaterais
3.5 (70%) 6 votes